Author Topic: Novas regras de ataque nas terras de ninguém  (Read 2240 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Darina

  • Guest
Novas regras de ataque nas terras de ninguém
« on: January 05, 2011, 01:17:02 PM »
Serão válidas para todas as masmorras nas terras de ninguém, não só nas cidades como foi até agora.
As regras determinadas pelo grémio gerente serão de 3 tipos:
1. Sem regras
- O grémio gerente não determina regras de ataque nas masmorras das terras de ninguém que domina, inclusive nas cidades. Isso quer dizer que todos os heróis podem-se atacar sem intervenção das guardas da cidade.

2. Defesa do grémio gerente
- Se algum membro do grémio for atacado por outro jogador, os guardas da cidade também vão atacar o agressor.
- As regras de ataque entre heróis que não são membros do grémio continuam de acordo com o ponto 1.

3. Terra de ninguém civilizada
- Jogador que ataca outros heróis nas masmorras ou na cidade fica proclamado "criminoso" e essa notícia será anunciada para todos os heróis presentes na masmorra respectiva ou na cidade. A proclamação é válida por um período de 48 horas.
- Os guardas da cidade vão atacar todos os criminais quando entrarem na cidade.
- Todos os heróis estão autorizados a atacar os criminosos.
- Se o criminoso for para uma terra de ninguém controlada pelo grémio do herói atacado, as guardas da cidade vão atacá-lo. Os heróis também podem atacar o criminoso sem serem penalizados.
- O grémio gerente pode colocar um imposto cobrado em ouro sobre todos recursos juntados em uma província civilizada.
- Os membros do grémio gerente estão proibidos de atacar outros heróis nesta província.

Cálculos do imposto do grémio em uma terra de ninguém civilizada

1. O herói que vai escavar recursos paga um depósito em ouro ao grémio que equivale à quantidade máxima de recurso que se pode juntar pelos pontos de acção do herói, multiplicado pelo preço médio do dia anterior no leilão. Para pagar o depósito, o herói precisa de ter a quantidade necessária no seu ouro actual.

2. Caso o herói não junte a quantidade máxima de recurso, a diferença será devolvida em ouro e o resto será adicionado no tesouro do grémio gerente.
Se o herói for atacado enquanto está a escavar, todo o depósito pago lhe será devolvido, ou seja, o grémio gerente não cobrará imposto.

3. O tamanho do imposto será entre 0% e 30% da quantia base, de acordo com a citação no ponto 1.

Exemplo:
O herói quer escavar carvão por 30 pontos de acção, cuja quantidade é entre 2 e 4 por 1 ponto e preço médio no leilão pelo dia anterior - 200. O imposto colocado pelo grémio gerente é de 30%.
A quantidade máxima para escavar será 120 (30x4).

O quantia para pagar será: (120х200)х30%=8000 ouro
Caso o herói consiga escavar 100 carvão, o grémio gerente receberá 6000 ouro e 2000 ouro será devolvido ao herói.