Author Topic: O que é que devemos esperar  (Read 23457 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #30 on: February 22, 2011, 11:35:47 AM »
As províncias de grupo já estão aqui!

Estas províncias ficam acessíveis só caso os heróis estão em grupo e cumprem certos requisitos.
Aqui têm as primeiras duas províncias no território das Terras Sangrentas

Túmulos de Gelo



Aqui os heróis poderão conhecer as fantasmas de todos os reis mortos do Império Aayarr para ganhar glória.

Vale Oculto



Que a caça lendária começe agora! Bestas poderosas estão à espera daqueles que ousem aproximar-se à savana amaldiçoada! Serás o caçador ou tornas-te numa vítima?
« Last Edit: March 09, 2011, 05:50:17 PM by Darina »

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #31 on: March 09, 2011, 05:39:30 PM »


A primeira coisa que uma pessoa vê quando entra nas terras amaldiçoadas são as nuvens escuras. Escuras, pesadas a pendurar do alto do paraíso... são mesmo assim as nuvens, como barrigas grotescas a ponto de explodir, rasgando um abismo de desespero.
Os seus pés afundam-se no solo encharcado. Olha para o chão e apercebe-se que é sangue. Sangue quente e fresco como se deitado duma criatura ainda viva. E não é só isso. A terra parece... como se estivesse viva, você quase que consegue sentir movimentos subtis a ratsejar-se pela superfície como pequeninas ondas de água a frisar o chão em todos os sentidos.  
O Castelo do Cristal Sangrento – o centro desse poder feio pode ser visto de cada ponto da província, não importa a distância.
Uma construção enorme. Massiva.
Muito maior do que a Cidade dos Imperadores.
O material das muralhas e da cidadela central está composto por cristais pontiagudos que espalham luz vermelha. Ao aproximar-se a essa grande fortaleza, dá impressão que esses cristais são vivos, semeados e criados e não elaborados por mãos de homem. Há torres... Muitas torres que se erguem por dentro da fortaleza, algumas delas são tão inclinadas que é impossível estarem estaveis. Parecidas com uns espinhos enormes, essas torres furavam as núvens... Ou... Talvez sejam as torres que as criam, usando a infinita energia da maldição que envenenou a terra inteira.

Ao Sul do Castelo Sangrento está a Vanguarda silenciosa – a base avançada . a primeira e última linha de defesa da fortaleza. Nas suas paliçadas fortificadas sempre flui sangue. Mas você sabe que a Vanguarda não está deserta. Não tem ideia como, mas sabe.
Eis também as Minas da Grandeza onde se extrai o cristal sangrento. Os poços profundos dessas minas abrem-se somente para os donos do Castelo Sangrento.
Essas terras deviam estar mortas, mas na verdade estão bem vivas. Ainda mais viva que você alguma vez imaginava.
Pode sentir essa vida por todos os lados. Uma vida que você não conhece. Porque não foi criada pela Luz.
Sons estranhos vêm dos arbustos ao redor. Olhos vermelhos brilham por um instante.
Um grito de ave vindo do Leste faz os seus ossos congelar. Um berro vindo do inferno avisa-te que você não está desejado aqui. Ninguém está.
Essa terra não precisa de donos. Um poder grande e demoníaco dorme nas suas entranhas. Mas se você quiser esse poder, terá que pagar o preço mais alto.
Maldito será aquele que não souber disso.
« Last Edit: March 09, 2011, 06:00:22 PM by Darina »

Offline Remista

  • Tier 2
  • **
  • Posts: 70
  • Karma: +0/-0
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #32 on: March 10, 2011, 08:58:31 PM »
Novas Habilidades no Imperial Hero


Habilidades Para Todas as Classes

Artesão

Cada nível aumenta a chance de elaborar items raros, itens lendários e épicos com uma certa %.

Explorador

Cada nível aumenta a chance de cavar com sucesso com uma certa %

Saquear

Cada nível aumenta a queda do ouro e itens com uma certa %. Não pode ultrapassar 200%.

Matador

Cada nível aumenta a chance de escolher o adversário mais forte, com uma certa %.

Endurecimento

O herói perde menos durabilidade do equipamento, quando derrotado em uma batalha.

Habilidades de Guerreiro Feroz

Frenesi em Batalha


Após um ataque bem sucedido, a força do próximo ataque é aumentada com determinada percentagem;
A defesa é reduzido com o mesmo percentual. A habilidade é interrompida após um golpe mal sucedido.

Corte Profundo

O Guerreiro Feroz descobre uma abertura na defesa de seu oponente, e diminui os pontos de armadura com uma certa percentagen.

Manejo Poderoso

O Guerreiro Feroz aumenta significativamente seu dando quando usar as habilidades Ataque Frontal e Turbilhão combinadas.

Habilidades de Guardião

Fixar-se ao chão

Depois de um bloqueio bem sucedido, os pontos de armadura aumentarão na proxima ronda com uma certa percentagen. A força é diminuída com o mesmo percentual. A habilidade é interrompida após um bloqueio mal-sucedido.

Pele de Pedra

O Guardião atinge uma concentração incrível que transforma sua pele em pedra. Aumenta os pontos de sua armadura com uma certa percentagen.

Tropeço

Faz com que tenha uma chance do adversário tropeçar, e reduz seu dano em 50% na próxima rodada.

Habilidades de Mistico Escuro

Prisma das Trevas

Absorve uma determinada percentagem das bênçãos do inimigo e as concede a seu grupo.

Turbilhão Místico

O Mistico usa seu bastyão para criar um turbilhão.

Refletir Dano

Reflete uma porcentagem de dano do inimigo. O alvo é escolhido no inicio da batalha e não pode ser mudado.

Habilidades de Mistico Claro

Prisma de Luz


Reflete uma certa percentagem das maldições do inimigo.

Turbilhão Místico

O Mistico usa seu bastyão para criar um turbilhão.

Ressurreição

Ressuscita um mercenário morto durante a batalha, e restaura uma percentagen da saude dele.

Habilidades de Caçador-Sombra

Disparo Violento

Aumenta o dano máximo dos últimos três disparos de armas de alcance com certa percentagem.

Mira Permanente

O alcance é reduzido em 1, mas a chance de acerto crítico é aumentada com uma certa percentagem para cada nível. O último nível concede 100% de chance de acertar um golpe critico. Requer facas de lançar ou dardos.

Invisibilidade

Uma versão atualizada do Escapar. Aumenta a chance do inimigo "perder" o seu adversário como alvo. Se o herói é o ultimo restando na batalha, e usar Invisibilidade com sucesso, todos os adversários o omiten.

Habilidades de Acossador Fantasma

Veterano com dardos

Aumenta o número de rodadas em que os dardos causam dano total.

Mira Permanente

O alcance é reduzido em 1, mas a chance de acerto crítico é aumentada com uma certa percentagem para cada nível. O último nível concede 100% de chance de acertar um golpe critico. Requer facas de lançar ou dardos.

Invisibilidade

Uma versão atualizada do Escapar. Aumenta a chance do inimigo "perder" o seu adversário como alvo. Se o herói é o ultimo restando na batalha, e usar Invisibilidade com sucesso, todos os adversários o omiten.


Nota:
Este é um modelo conceitual das novas habilidades. Os números e os requisitos serão anunciados posteriormente.




Tem data prevista ou pelo menos estimada para estas habilidades estrearem no jogo?
Nick: BlueLion33
Reino: 3

Offline Remista

  • Tier 2
  • **
  • Posts: 70
  • Karma: +0/-0
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #33 on: March 28, 2011, 05:54:55 PM »
Como não responderam minha msg anterior, reformulo a pergunta:

Por que estrearam no jogo, atualizações não mencionadas na minha msg anterior?

Nela, fiz uma pergunta com base em atualizações q foram mencionadas aqui neste tópico e q considerei de grande interesse para mim e para todos.

As habilidades dos heróis citadas aqui seriam de grande ajuda no jogo, já foram anunciadas aqui faz 2 meses, mas nunca estreiam de fato, no jogo.
Nick: BlueLion33
Reino: 3

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #34 on: March 30, 2011, 10:03:34 AM »
Não, essas habilidades ainda são uma ideia, não estão introduzidos no jogo e por enquanto não temos uma data prevista.

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #35 on: March 30, 2011, 04:12:46 PM »


“O Sol traz calor. Faz o frio desaparecer. Para conseguirmos despertar e começar de viver de novo.”
Segundo as religiões antigas foi o Sol que criou tudo. As primeiras pessoas que povoaram essas terras foram criaturas solentes que desceram pelos raios do sol até ao mundo. E elas foram agradecidas e felizes porque guardavam nos seus corpos a Luz do Sol.
Por algum tempo tudo corria bem.
Mas passados mil anos as pessoas começaram a pensar que tinham maior poder que o Sol. Esquecendo as suas raízes, elas negaram a Luz. Até tiveram a ousadia de confrontar o que os criou afirmando que são elas que governam o Universo.
Uma grande angústia começou a penetrar na alma do Sol. Indignado e coberto de vexame, ele afastou-se longe da terra para sofrer pela traição das suas crianças. Sem os raios de calor do Criador, frio e gelo desceram sobre as casas dos homens.
Os sementes já não cresciam na terra.
As aves e os animais morreram de fome.
A terra cobriu-se de neve e gelo.
Os homens enfrentaram o maior sufrimento.
Muitos deles morreram ainda antes de perceber o seu erro.
Foi nessa altura quando por todos os lados da terra começaram a construir-se muitos templos e altares. Nesses sítios as Crianças do Sol rogavam o seu Senhor voltar e presenteá-los com a sua Luz.
Mil anos mais passaram, mas o Portador da Luz não estava convencido de que os seus entes tinham mudado de ideias.
A pesar de todos os sítios santos que serviam para dirigir as orações dos homens... o gelado frio continuou... Até o último das criaturas solentes morreu.    
« Last Edit: March 31, 2011, 04:14:44 PM by Darina »

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #36 on: March 31, 2011, 02:08:54 PM »


No pleno coração de Karaganda do Oeste, onde mesmo os cidadões naturais destas terras não ousam pôr o pé, ficam os Pântanos Pluviosos. A chuva nunca pára aqui. Como se alguém... ou alguma coisa... numa certa altura zangou-se de tal forma que se lançou a encharcar o sítio de inundações tóxicas e abalá-lo de tempestades de trovões infernais. O Rio das Trevas, que divide os Pântanos em dois, fica constantemente a transbordar, criando numerosos pauis intransitáveis. Alguns destes paúis nunca conheceram o calor dos raios do sol. Se o tivessem conhecido, ter-nos-iam revelado coisas que nem os nossos pesadelos mais horrendo eram capazes de conter.
O solo está a consistir, quase por completo, de argila. A cidade e o castelo são feitos de argila – o último vestígio de mão humana. Ao Oeste a selva chegou a ganhar espaço por completo à Cidade de Argila. Entes pervertidos estão emboscados nos cantos das ruas e colados à superfície das paredes das casas. Entes sobre os quais não sabe nada. E, para dizer a verdade, se alguém souber algo, nunca o admitirá. Porque essas mesmas criaturas são horrendas demais para ser reais.
No Este, como um ídolo obscuro que está a contemplar em silêncio puro a terra devorada pelo mal místico, ergue-se no alto o Castelo de Argila. Muralhas velhas, desbotadas, derreadas, gastas, raspadas a apodrecer em ruínas fedorentas de musgo esverdeado corroção parda. A citadela, cuja majestuosidade jaz no passado, está partida em dois, como se tivesse sido batido ao encontro dum martelo agourento do país dos ogres mais vorazes.
Sombras andam a vaguear pelas ruas vastas e cobertas de arbustos e viçosos.
Ao chegar a noite estas sombras mudam. E substância que ganham é capaz de mandar  estourar em pranto até a pessoa mais corajosa que possa existir.
 E a chuva continua a cair.
Sem que ao menos seja capaz de limpar alastrando para baixo a corrosão e a podridão.
« Last Edit: March 31, 2011, 04:17:16 PM by Darina »

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #37 on: March 31, 2011, 04:06:09 PM »
Paraíso Verde



“Ai, meu Pai, que beleza!” – exclamou o Alamarin, o capitão do primeiro navio imperial que desembarcou  na costa da província que mais
tarde ele mesmo ia chamar de “Paraíso Verde” – uma expressão de generosidade por parte do próprio soberano do Império Ayarr.
Pouco tempo depois da primeira onda de colonizadores se estabelecer na costa e muitos navios, cheios de ouro e recursos preciosos e condimentos, terem começado a viajar para o continente, o imperador, com a ajuda dos seus conselheiros mandou colonizar as terras ao Oeste da Montanha sem Fim.
Milhares de pessoas foram à procura de uma nova vida, riquezas e aventuras, apoiadas pela frota imperial, começaram a conquistar esse novo mundo sem pensar das consequências que essa expansão insana podia levar.
E essas consequências não demoraram. Habitantes nativos selvagens e brutais não queriam dar as terras santas aos conquistadores.
Montões de canibais, humanoídes gigantes e aranhas enormes saíram da densa selva e invadiram todas as cidades e fortes dos consquistadores só por uma noite.
Mas os colonizadores tinham problemas mais sérios que esse.
Os que não tiveram a sorte de morrer na batalha, foram levados para a costa para ver por última vez os navios, antes de começar o seu caminho para a selva onde morrer ritualmente sacrificados pelo verdadeiro dono do Paraíso Verde.
Quem será esse dono? Saberá só aquele que o enfrente e sobreviva.
« Last Edit: March 31, 2011, 04:21:10 PM by Darina »

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #38 on: April 07, 2011, 01:07:59 PM »
Fotos de paparazzi dos novos monstros e bandidos que estão à espera dos heróis nas masmorras da categoria 7, foram espalhadas pelas mídias e internet.
Funcionários da Equipa do Herói Imperial recusaram qualquer comentário, mas destacaram que faziam uma profunda investigação interna para descobrirem quem está responsável pela fuga de informação secrteta.
Publicamos as fotos sem modificação e avisamos que contém material inaprporiado à crianças e pessoas com nervos frágeis



Jacaré Gigante


Canibal Arqueiro


Canibal


Criptido


Escorpião Gigante


Tarântula Gigante


Homem-Monstro

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #39 on: April 13, 2011, 03:14:47 PM »



Minha amada,

Passaram dezoito meses que não te vejo e não vejo os nossos filhos. Espero que essa carta vos encontre de boa saúde. Espero também que o almirante te envie o meu salário todos os meses e que todos estejam bem. Se estivesse tudo bem, já devias ter poupado o suficiente para comprar aquela casa na Rua Azul que querias há tanto  tempo.
Faz três meses que o velho barco “Luz” no que navego, chegou às margens de Oeste daquela maldita ilha que o contramestre, esse velho alcoólatra, chamou de “O Fim do Mundo”. Resultou uma ilha muito maior que os  geográficos aqueles miseráveis de pescoços fracos diziam. Desculpa pelo baixo calão, querida.
Perdémos “Vento” e “Fé” numa forte tormenta no mar aberto. Muitos dos meus amigos morreram. Espero que agora estejam num lugar melhor e que a nissa missão aqui dê sentido à morte desses bons marinheiros. Declaro com muito orgulho, minha esposa, que o teu marido tornou-se vice-gerente da Vila do Mar Longínquo – a nossa nova casa. Não é nada demais – uma rua de batracas de madeira nos dois lados, mas pelo menos é um início. O mar está cheio de peixes e as selvas ao Sul oferecem suficiente água, madeira e animais para caçar.
Padre Verono finalmente conseguiu receber uma autorização pelo gerente principal – o meu capitão favorido - para construção de um Templo da Luz na vila. Já faz duas semanas que estamos a trabalhar como escravos para acabar mais logo essa porcaria.
Algumas pessoas estão enervadas  pois ouvem-se sons terríveis, berros,  vindos da selva. Mas a vida é assim, nós somos homens  simples, tímidos e supersticiosos que estão longe de qualquer civilização.
Oxalá consigamos construir a vila mais cedo e venham outros conquistadores para que eu possa pedir autorização para voltar para Bunar. Voltar para casa.

Fica bem, meu amor: Grossan

PS: Se eu vir aquele rapaz que trabalha na padaria tentar te fazer corte, vou qubrar o pescoço dele. Diz-lhe isso.  
« Last Edit: April 13, 2011, 03:23:41 PM by Darina »

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #40 on: April 14, 2011, 02:20:15 PM »


Certos trechos de traduções de totens e escritas pictográficas , descobertas durante a Segunda Expediação Imperial Geográfica pelos terrenos do Norte da Caragamda de Oeste, ano 1001 da União.:


Há milhões anos atrás existiam somente terra e céu.
E por um certo período isso foi bom.
Passaram muitos séculos e o céu apaixonou-se pela terra. Enfim os dois decidiram casar-se e o amor deles deu a luz à Grande Tortusa. Ela foi imortal e poderosa. O seu casco foi mais duro do que as mais duras pedras que ficam ao Leste. O céu e a terra mandaram à grande Tortusa criar árvores, animais, pessoas e que seja sua dona. Ela pôs-se a trabalhar e todas as pessoas, árvores e animais que fez no início, eram inteligentes, sabiam conversar e viviam em harmonia. Os séculos passavam e todos sentiam-se bem. As criaturas da Tortusa construíram cidades maravilhosas e submeteram os elementos da natureza e no centro da terra ergueram um belo templo para a sua deusa e foram lá todos os dias para lhe agradecerem que lhes deu a vida.
Não se sabem as razões  pelas quais essa maravilhosa civilização desapareceu do rostro da terra. Foram descobertas só símbolos separados que significavam “inveja”, “orgulho”, “avareza”. Só constam dados de que a Tortusa pediu ao seu pai o céu derramar as águas dos mares e à sua mãe castigar as árvores, os animais e as pessoas pela sua audácia. As árovres foram privadas da sua inteligência e capacidade de andar. Os animais perderam a inteligência e tornaram-se bestas. E às pessoas foi tirada a cultura e foram mandadas habitar caves, florestas e desertos.
Só o templo da Tortusa é que continuou intacto – para lembrar do fracasso das criaturas divinas e da perda da sua grandeza.

Offline Darina

  • Community Manager
  • *
  • Posts: 97
  • Karma: +3/-4
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #41 on: April 18, 2011, 03:45:31 PM »
Campos Ominosos



Vá embora, meu Senhor – disse o capitão em voz alta enquanto sacava a sua espada e fazia sinais às pessoas para se distribuirem em posições pelo corredor. – Não sei quanto podiamos aguentar, mas fazemos tudo para ganhar tempo para você fugir daqui.
Senhor Verix, gerente imperial na província e dono do Castelo da Solidão, com um olhar vazio, sem se mexer, estava a observar  os seus soldados que se ordenavam em fila. O capitão das suas guardas abriu a boca para repetir o pedido. Nesse mesmo momento um berro horroroso como se não fosse de homem, abalou o castelo. Os rostros dos soldados, criados e escudeiros ficaram pálidas de medo.
Os homens-besta estavam a chegar.
Por amor do Pai, vá-se embora! – repetiu nervosamente o capitão fixando os olhos do seu senhor.
O senhor fez um gesto com a cabeça, dizendo “adeus” ao seu guarda-costas confidente e pôs-se a correr.
Passou pelos vários corredores que o levaram para o pátio e quase derrubou a porta... Mas os cavalos não estavam lá. Um rosno constrangido veio do seu lado direito, ele virou a cabeça, mas nesse instante percebeu que as suas reacções eram demasiado lentas em comparação com as dos monstros que conquistavam o forte. Um punho enorme bateu-lhe a cabeça atrás da orelha. Milhares de estrelas apareceram e depois – silêncio. Verix perdeu a consciência e caiu no chão.
O primeiro que sentiu na sua pele quando abriu os olhos, era o chão de pedra frio e molhado. Estava sem roupas e alguém tinha atado a sua perna direita e estava-o arrastando. No próximo momento ele sentiu a dor e começou a gritar.
Estava numa cave estreita, quase sem luz, cheia de um fedor. Dentro de alguns minutos quando o véu da agonia se afastou dos olhos dele, o gerente conseguiu enxergar a figura da criatura que o arrastava. Tinha 2 metros de altura e usava só uma faixa de tecido branco. Os passos da criatura foram enormes e rápidos e as suas costas foram tão maciços que sem problema podia levar duas dozenas de homens. A mão esquerda da criatura apertava o tornozelo do senhor e na mão direita segurava um machado enorme de dois gumes. De repente a criatura deixou de andar e virou a cebeça à sua víctima. Verix viu a cara dele e novamente começou a gritar. Dessa vez foi por horror.

Offline Meecrow

  • Meecrow
  • Tier 1
  • *
  • Posts: 1
  • Karma: +0/-0
  • Cialis uso diario, Cialis precio en Mexico, Cialis cuanto cuesta, Cialis precio chile, Cialis 30 mg
    • View Profile
    • compra de Cialis online
O que e que devemos esperar
« Reply #42 on: April 26, 2012, 03:01:38 AM »
OPTE POR UMA MARCA QUE OFEREÇA MELHORES GARANTIAS. CHEGA A UM CERTO NIVEL ONDE TUDO É MUITO BOM.
EU ESCOLHERIA A SCOOT.
TENHO UMA TREK E Г‰ ESPETACULAR, A OUTRA CANADELLE TEM MUITOS PROBLEMAS DE GARANTIA.
CONHEÇO DOIS AMIGOS QUE COMPRAM UMA SUPER SIX NA LOJAS DAS BIKES EM LISBOA E OUTRO UMA SIX13 NA PINABIKE E NÃO OS TROCAM OS QUADROS.
Puede comprar Cialis sin receta de doctor online de buena calidad con servicio cuidadoso.

Offline Alexmagnus

  • Tier 1
  • *
  • Posts: 7
  • Karma: +0/-0
    • View Profile
Re: O que é que devemos esperar
« Reply #43 on: November 26, 2012, 01:49:29 AM »
Darina, você ainda está aí? No mundo 3, dois maiores guild se uniram e estão dominando tudo. Muitos jogadores oprimidos ameaçam abandonar o jogo. Não há como limitar esse poder? Por exemplo, uma guild nsó ,poderia ter dois castelos no máximo!!! Tem que dar chance para todos se divertirem não é?